Aprenda a Técnica de Pré-Carregar Links no WordPress #18

0
309
Imagem Destacada do Post #18

A velocidade de carregamento de um site WordPress é um fator essencial para a experiência dos usuários e o sucesso de um negócio online.

Por isso, é fundamental adotar técnicas que acelerem o carregamento.

Nesse tutorial, vamos aprender a técnica de pré-carregar links no WordPress, passo a passo.

A Importância da Velocidade dos Sites

A velocidade do site é crucial nos dias de hoje. Um site lento pode prejudicar a experiência dos visitantes, afetar o ranqueamento nos motores de busca e até mesmo afastar visitantes em potencial.

Por isso, é fundamental garantir que seu site seja rápido e eficiente, principalmente em tempos em que a maioria dos usuários navega pela internet por meio de dispositivos móveis.

Sendo assim, o pré-carregamento de links pode ser uma solução eficiente para melhorar a velocidade do site e proporcionar uma melhor experiência de navegação para os usuários.

O que é o Pré-Carregamento de Links?

O pré-carregamento de links é uma técnica que carrega antecipadamente as páginas que tem mais chances de serem acessadas pelos usuários em um site.

Ou seja, quando um usuário clica em um link, aquela página já estará pré-carregada, elas já serão carregadas em segundo plano antes do usuário clicar no link. Essa técnica é boa para sites que possuem muitos links para outras páginas, como lojas virtuais ou blogs, por exemplo.

Quando utilizamos essa técnica, podemos melhorar significativamente o desempenho de nosso site WordPress e elevar a satisfação de nossos visitantes.

Como Pré-Carregar Links no WordPress?

Primeiramente, precisamos saber quais links de nosso site são mais visitados para que a técnica de pré-carregamento seja aplicada do jeito certo.

Em seguida, veremos alguns plugins do WordPress feitos para isso, eles configuram as opções de pré-carregamento de maneira simples e intuitiva.

Dica: não existe a necessidade de configurar essa técnica para todos os links de nosso site, apenas para os que tem maiores quantidades de cliques.

Identificando Links que Precisam ser Pré-Carregados

Para identificar os links que precisam ser pré-carregados no seu site WordPress, devemos verificar os:

  • Links internos: identifique quais são as páginas mais visitadas do seu site.
  • Links externos: identifique os links externos mais utilizados e que direcionam para páginas importantes de outros sites.
  • Links de imagens: identifique as imagens mais utilizadas no seu site e pré-carregue os links que levam a elas.

Instalando e Configurando um Plugin para Pré-Carregar Links

Instalar e configurar um plugin de pré-carregamento de links em sites WordPress é uma tarefa simples e irá melhorar bastante a experiência de seus usuários.

Existem vários plugins gratuitos e pagos disponíveis para download no WordPress. Alguns plugins também podem pré-carregar imagens, otimizando ainda mais o desempenho do site. Mas é importante lembrar que a escolha do plugin ideal vai depender das necessidades específicas de cada site.

Plugin Flying Pages

Nesse tutorial, vamos usar o plugin Flying Pages. Por ser bem fácil de ser usado e teremos a opção de “pré-carregamento inteligente” para garantir que site não fique lento e não trave durante o processo. Quando o plugin encontra algum possível problema como esse, ele interrompe todo o pré-carregamento.

Versão WordPress:  6.2
Versão Plugin: 2.4.6

Primeiramente nós devemos instalar e ativar o plugin Flying Pages.Imagem do Plugin Flying Pages do WordPress.Depois de ativar, vamos na opção Configurações » Flying Pages do painel de administração no WordPress.

No menu de configuração do plugin teremos a opção para definir o tempo de ‘Atraso para iniciar o pré-carregamento‘ (Delay to start preloading). Este é o atraso para iniciar o pré-carregamento de links caso o mouse do visitante não esteja se movendo na janela do navegador.

Nós podemos alterar isso, mas vamos manter a configuração padrão recomendada de ‘0 segundo‘.Imagem da captura de tela para 'Atraso para iniciar o pré-carregamento' do plugin Flying Pages do WordPress.

Em seguida, temos a opção de alterar o ‘Máximo de solicitações por segundo‘ (Max requests per second). Quanto menor esse número, menos impacto ele vai ter em nosso servidor. 

Vamos manter a configuração padrão de ‘3 solicitações‘ (3 requests), que deve funcionar para a maioria das hospedagem para WordPress.Imagem da captura de tela da opção de 'Máximo de solicitações por segundo' do plugin Flying Pages do WordPress.

Em seguida, vamos marcar a caixa ‘Pré-carregar apenas ao passar o mouse‘ (Pre load only on mouse houver). Assim, somente será pré-carregado os links caso o usuário passar o mouse sobre eles e pré-carregar a página logo antes de clicar.

O tempo de carregamento será percebido quase que instantaneamente porque haverá um atraso de ’50 ms’ entre o momento em que o usuário passa o mouse sobre um link e clica nele.

Também podemos definir o ‘Atraso de foco do mouse‘ (Mouse hover delay). Esse é o tempo que passará depois que um usuário passar o mouse sobre um link antes do início do pré-carregamento. Imagem da captura de tela do 'Atraso de foco do mouse' no plugin Flying Pages do WordPress.

Logo abaixo, temos uma lista de palavras-chave que o plugin pode ignorar para o pré-carregamento.

Elas são páginas de login padrão e arquivos de imagem. Nós podemos deixar a lista como está (recomendado) ou adicionar mais palavras-chave, caso seja necessário.Imagem da captura de tela da opção de ignorar palavra-chave para pré-carregamento do plugin Flying Pages do WordPress.Se estivermos utilizando o plugin Flying Pages em uma loja virtual, é interessante adicionar páginas como “/cart” ou outras páginas dinâmicas nesse campo, assim elas não serão pré-carregadas.

A ultima opção é desativar o pré-carregamento para administradores.

Isso vai ajudar a reduzir o peso no servidor do seu site. Se precisarmos que o pré-carregamento funcione só para os visitantes do site que não são administradores, somente marcamos essa opção.Imagem da tela para 'Desabilitar pré-carregamento para admins' no plugin Flying Pages do WordPress.

Quando terminar, clique no botão ‘Salvar alterações‘ na parte inferior da página.

Obs: se você estiver testando a velocidade do site e não ver a pontuação melhorar, isso é normal. O pré-carregamento de links apenas melhora a velocidade de carregamento quando os visitantes clicam neles, ele não aumenta a velocidade na primeira vez que o site for carregado.

Pronto! Habilitamos com sucesso o pré-carregamento de links em nosso site.

Agora que aprendemos a técnica de pré-carregar links no WordPress, podemos oferecer uma página que carrega links quando os visitantes clicarem neles mais rapidamente em nosso site.

Se você achou esse conteúdo útil, não deixe de compartilhar com seus amigos e colegas.

Se tiver alguma dúvida ou sugestão, sinta-se à vontade para deixar um comentário abaixo.

Não perca a chance de conferir todas as nossas dicas e tutoriais e continue aprimorando seu site cada vez mais. Até a próxima!